segunda-feira, 2 de novembro de 2009

25 de Outubro.

Coloquei a "saia mais leve, aquela de chita" para ir à minha primeira vez ao Pacaembu. Gosto muito das coisas, sentimentos eu tenho aos montes, não foi diferente nessa situação. Já fazia um tempo estava aguada para ver o Corinthians jogar, quase fui em Prudente na primeira rodada contra o palmeiras, mas a ainda bem que não deu certo, não pelo resultado desastroso daquela partida, mas sim pra ter a chance de ver o Corinthians no lugar mais lindo, da forma mais fina. Como foi minha primeira vez e caipira que só quase assisti o jogo longe da gaviões, mas antes de começar o jogo fomos pra lá. Me enfiei no meio dos gaviões e cantei gritando até não sair mais voz, pulei feito louca, me descabelei e nem consegui ficar triste com a derrota por 1x0. Saí do estádio em estado de graça, queria ligar pra todas as pessoas que conhecia pra dividir aquilo que com certeza não entederiam, foi um gozo, uma explosão...afe. Estava lá no meio dos quase 24.000 que foram mesmo sabendo que o time não tinha nenhuma chance de ganhar o campeonato, mas que mesmo assim seguem, acompanham e torcem por um time que está para além de vitórias ou derrotas. Ninguém consegue explicar essa paixão que se tem pelo Corinthians. O Corinthians não deve ser entendido e sim sentido. Eu achava que entendia essa paixão. No dia 25 de outubro, senti. Uma das mais felizes experiências da minha vida.
Eu nunca vou te abandonar por que te amo, eu nunca vou te abandonar por que te amo, eu sooooou CORINTHIANS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!







3 comentários:

Gustavo disse...

lindo! terão muitos outros, sorte de quem sabe o que é sentir isso, beijo

Anônimo disse...

Vocês são dois frescos.
Pra quem gosta deve ser bom mesmo.
Beijo.

vanessa da silva disse...

De fato o Corinthians deve ser sentido pra ser entendido.